Follow by Email

terça-feira, 6 de março de 2012

orem por este país...

Mais uma vez, o país onde Esther, Daniel, Neemias e Esdras viveram, e onde partos, medos e elamitas receberam o Evangelho em Atos 2, é o mais alto apelo de oração em nossos corações. Orem pelos iranianos para que Cristo possa manter viva essa nação, apesar do preço colossal que os convertidos ao Evangelho têm que pagar: são constantemente vigiados, discriminados, e mortos.

Orem pelos cristãos no Irã, para que sejam protegidos em seus corpos, mentes e espíritos, e para que essas práticas horríveis de perseguição, sejam levadas a um fim. Lembre-se de orar por aqueles que estão envolvidos com programas de evangelismo no Irã, muitos estão enfrentando uma guerra espiritual enorme.

Orem pelo presidente Barack Obama, ministros e líderes que estão envolvidos com as questões politicas no Irã. A guerra secreta contra a missão nuclear iraniana continua implacável. Além do vírus cibernético Stuxnet que visou seu programa nuclear em 2010, outro físico nuclear iraniano foi assassinado em 11 de Janeiro desse ano.


Crença em Madhi

O governo iraniano e todos os que são nomeados para seu gabinete,  estão completamente comprometidos com o retorno do Madhi. Madhi é o redentor profetizado para governar por sete, oito ou dezenove anos (de acordo com as várias interpretações), antes do dia do julgamento final, literalmente para eles, o dia da ressurreição. O Madhi é quem vai livrar o mundo da injustiça e tirania. No islamismo xiita, a crença no Madhi é uma idéia religiosa central. Eles acreditam que esse Madhi será um governante, um homem comum.

Para os muçulmanos, tanto xiitas como sunitas:

" o mundo não chegará ao fim até que os árabes sejam governados por um homem descendente de Maomé. Madhi aparecerá e Deus vai conceder-lhes chuva, a terra produzirá os seus frutos e os montes jorrarão dinheiro. O gado aumentará e Madhi se tornará grande. Ele encherá a terra de justiça".

Não é de se surpreender que o atual lider iraniano Ahmadinejad seja exaltado a ponto de tornar-se um outro Hitler. Ele está cotado para ser o Madhi. Essa crença, contudo não chega a ser citada nas relações internacionais. Ninguém faz qualquer referência ao Madhi, porque não é interesse nacional fazê-lo.

Oremos para que Deus use um dos Hadits islâmicos para dizer a nação que o Único que vai retornar à terra em poder e glória é Jesus. Não há Madhi, exceto Jesus.

Apesar de tudo, o povo iraniano é desesperadamente faminto pela realidade espiritual. Deus está fazendo algo maravilhoso no mundo de língua persa, por favor, mantenham suas orações!

O Senhor pode muito bem está levando você a orar por temas completamente diferentes, o importante é ouvir o que Deus está colocando em seu coração. Deixe que temas diferentes venham à sua mente, não lhe custara senão mais que alguns minutos em oração que darão frutos eternos! Como diz um velho provérbio japonês: "você nunca vai ver o sol nascer, se você continuar olhando para o Ocidente".O Senhor ouve e presta atenção nas intenções dos corações. Que Ele o abençoe e inspire nessa aventura.

Ministério 222: " Queremos ver o Irã transformado em um país que ostenta a imagem de Cristo".



O pastor cristão Yousef Nadarkhani recebeu sentença de morte no Irã, por não negar sua fé em Jesus. A execução por enforcamento,  repercutiu em todo o mundo mobilizando orgãos governamentais e eclesiásticos. Advogados de Yousef se pronunciaram a agência de notícias Fox News, informando que o governo iraniano voltou atrás na sentença, depois de receber pressão internacional: "a ordem de execução havia sido anunciada, ele seria condenado por estupro e outros crimes, não por apostasia. O governo atenuou sua retórica em resposta a protestos internacionais. A ordem de execução, contudo permanece."

Há rumores de que Nadarkhani esteja sendo usado em amplas negociações politicas, visto que o Irã sofre pressão internacional em resposta a sua agenda nuclear. O número de execuções aumentou consideravelmente no último mês.

Jordan Sekulow, diretor executivo do Centro Americano para lei e Justiça, grupo em defesa dos direitos humanos, se pronunciou sobre o caso Yousef: " seres humanos tornam-se moeda de troca para aiatola. Quando é um caso de alto perfil, testam a reação da comunidade internacional para gerar mudanças geopolitica" Persecution International Christian
Oremos enquanto é tempo. Como disse o ministério 222, no apelo inicial do artigo: "não lhe custara senão mais que alguns minutos em oração que darão frutos eternos!"

Deus nos abençoe.

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012


Tribo Kimyal festejando com a chegada da biblia traduzida na lingua deles. Traducao feita pela missionaria Rosa Kidd atravez de um plano de Deus colocado em seu coracao. Atravez de muitas duvidas sobre o plano de Deus e 15 anos de trabalho aprendendo a lingua, a traducao se completou em marco de 2010.
Kimyal se encontra em Korupun, no oeste de Papua, a tribo tem mais ou menos 4 mil habitantes onde 98%(3.920 pessoas) falam apenas a lingua nativa de Kimyal. Enquanto muitos paises rejeitam a palavra de Deus, nao creem, fazem piadas, e ridicularizam as historias da biblia em TV aberta, Deus leva a Sua palavra para aqueles que humildemente a recebem.
Assim como Jesus disse:
Porque, se vós crêsseis em Moisés, creríeis em mim; porque de mim escreveu ele.
Mas, se não credes nos seus escritos, como crereis nas minhas palavras?
Joao 5: 46,47

Igreja na Indonésia continua sem poder realizar suas reuniões

Em uma derrota da justiça, o presidente da Indonésia, Susilo Bambang Yudhoyono, se recusou a cumprir a decisão do Tribunal Supremo que dava a permissão para a Igreja de Yasmin da Java Ocidental de se reunir em seu templo.As autoridades da cidade de Bogor revogaram a licença de construção da Igreja de Yasmin em fevereiro de 2008, mas a Suprema Corte do país ordenou que a propriedade da igreja fosse devolvida em dezembro de 2010, mas o prefeito da cidade se recusou.
O presidente Susilo Bambang disse em 13 de fevereiro que iria entregar o assunto de volta para o governo municipal de Bogor e para o Ministério da Religião da Indonésia.
O presidente disse a repórteres que tais assuntos deveriam ser tratados e resolvidos pelas administrações locais, entrando em conformidade com a Lei da Indonésia de autonomia regional, segundo informações do The Jakarta Post.
Para o deputado Eva Kusuma Sundari do Partido Democrático da Indonésia, o presidente está usando um argumento falso e dando legitimidade para que tais ações aconteçam no país. Para o deputado, o presidente não quer se envolver nessa questão.
A congregação da Igreja de Yasmin, em protesto a atitude tomada pelas autoridades, se reuniram por três vezes em frente ao Palácio Nacional.
Há muito tempo a Igreja de Yasmin tem lutado e brigado para que possam se reunir na propriedade que pertence a eles. Pelo fato de não poderem se reunir no templo se reúnem na rua em frente ao edifício.
Coloque em suas orações a Igreja de Yasmin e os cristãos que vivem na Indonésia. Ore para que Deus possa estender sua para eles e protegê-los de todo mal. Ore também para que Deus traga a solução para o caso do fechamento da igreja.

domingo, 26 de fevereiro de 2012

O Brasil, o Irã e a Sentença de Morte



Enquanto o mundo CRISTÃO se posiciona oficialmente através de suas autoridades nacionais, o governo do BRASIL que possui mais de 90% de sua população composta por CRISTÃOS prefere não se pronunciar sobre o fato do governo iraniano ter dado a sentença de morte ao Pr. Nadarkhani. 

A Casa Branca e o Departamento de Estado dos EUA publicaram pronunciamentos oficiais nesta última quinta-feira (23/2/2012) exigindo que o Pr. Youcef Nadarkhani seja imediatamente solto. Ele está preso no Irã desde Outubro de 2009.

Em 2009 o Pr. Nadarkhani foi preso em sua residência após solicitar que seus filhos não fossem obrigados a estudarem o Alcorão na escola pública onde eles estudavam. Nadarkhani solicitara que eles tivessem o direito de exercer sua fé cristã conforme estavam sendo ensinados desde crianças. Devido a este fato é que Nadarkhani foi preso e condenado por apostasia (ter deixado de ser muçulmano) e por evangelismo (por tentar ensinar a seus filhos a serem cristãos). Lembrando-nos que a Constituição Iraniana assegura o direito de fé cristã aos seus habitantes (eles especificamente citam que os cristãos tem seu direito garantido por lei).

Após sua prisão Nadarkhani foi torturado na cadeia, forçado a ler literatura islâmica a ouvir pregações muçulmanas e teve, no mínimo, 3 visitas oficiais de líderes muçulmanos que deram a “oportunidade” dele ser solto caso negasse sua fé em Jesus Cristo e se tornasse um defensor do islamismo. Em todos os casos o Pr. Nadarkhani ficou irredutível em sua fé cristã.


O caso de Nadarkhani tomou um rumo decisivo no último dia 21 de Fevereiro quando o Centro Americano para a Lei e Justiça (CALJ) anunciou que a Suprema Corte Iraniana tinha pulbicado a ordem de execução do Pr. Nadarkhani, que está preso por aqueles 2 motivos apresentados acima e que desde então não recebe a visita de sua família.

No dia 22 de Fevereiro o Ministério Verdades Atuais apresentou à imprensa um email comprovando que a corte iraniana realmente tinha dado a ordem para a execução.



Devido a isto, no dia 23 de Fevereiro a Casa Branca e o Departamento de Estado se pronunciaram defendendo Nadarkhani em sua luta pelo direito de exercer sua fé cristã no país onde ele nasceu.

De acordo com Jordan Sekulow, diretor executivo do Centro Americano para a Lei e a Justiça, os pronunciamentos da Casa Branca e do Departamento de Estado americano confirmam a certeza das autoridades americanas de que esta sentença de morte realmente foi dada ao pastor Nadarkhani.

Trechos do pronunciamento:

“Os Estados Unidos se posiciona em solidariedade com o Pastor Nadarkhani, sua família e com todos que procuram praticar suas religiões sem temer perseguições – um direito fundamental e universal dos Direitos Humanos” – (leia o pronunciamento completo em inglês clicando aqui)

“O julgamento e a sentença dada ao Pastor Nadarkhani demonstra que o governo Iraniano discorda totalmente da liberdade religiosa, e mais do que isto demonstra que o Irã continua violando os Direitos Humanos Universais aos seus cidadãos“. Também consta no pronunciamento.

O Departamento de Estado dos EUA também reitera o pedido de que Nadarkhani seja solto imediatamente, dizendo que está “profundamente chocado” com as notícias que dão conta de que a sentença de morte foi dada ao pastor iraniano.

“Esta perseguição governamental simplesmente porque alguém está seguindo uma fé diferente da maioria é algo comum no Irã, onde seguidores de várias tradições religiosas enfrentam tratamentos severos e humilhantes que violam seus direitos religiosos”. (leia o pronunciamento do Departamento de Estado clicando aqui - em inglês)

O Departamento de Estado dos EUA ainda acrescentou que: “se posiciona junto aos líderes religiosos e políticos de todo o mundo que estão condenando a decisão da suprema corte iraniana sobre Nadarkhani e exigindo que ele seja solto imediatamente“. 

Jordan Sekulow (do CALJ) aplaude esta nova força dada em atenção ao caso de Nadarkhani.

O pastor Nadarkhani recebeu apoio oficial desde 2009 quando a Secretária de Estado Americana Hillary Clinton, a União Europeia, 89 membros do Congresso Americano, o governo da França, da Inglaterra e do México se posicionaram oficialmente e publicamente exigindo que ele fosse imediatamente solto.


Infelizmente, até hoje (domingo 26/2/2012) ainda não houve um pronunciamento oficial do governo brasileiro exigindo de seu aliado iraniano que o pastor Nadarkhani seja solto imediatamente.

Aparentemente o mundo CRISTÃO se posiciona contra este absurdo feito em nome de Alá e contra os CRISTÃOS e o governo do Brasil prefere se aliar ao absurdo ato iraniano e contra os CRISTÃOS.

Ore pelos cristãos que vivem no Chifre da África

Este ano a região denominada de chifre da África, composta por países como Somália, Sudão, Eritreia e Etiópia, têm sofrido com terríveis secas e a morte de milhares de pessoas. Por Marcelo Peixoto
Para muitos analistas, trata-se de uma das piores crises humanitárias das últimas cinco décadas. Estima-se que mais de 10 milhões de pessoas tenham sido afetadas pela seca e mais de 30% das crianças sofrem de desnutrição aguda.
A nossa oração é fundamental para que a situação nesses países paupérrimos e em outros países da África seja revertida. A Igreja de Cristo tem sobrevivido e resistido à fome, à guerra e às perseguições. A igreja desses países, principalmente na Somália, precisa das nossas orações para ter suas necessidades básicas atendidas, continuar sendo sal e luz e testemunhar do amor de Cristo a outros. Os cristãos da Eritreia, presos em celas subterrâneas e contêineres de metal têm sido esquecidos e o governo eritreu tem proibido a doação de alimentos de organizações não governamentais estrangeiras.
Somália: 5º país em perseguição
A população Somali tem sofrido de modo muito peculiar nesta crise, pois além de lidar com a falta de alimento e água, tem de conviver com grupos radicais, como o Al Shabaab, que muitas vezes impedem a chegada e a distribuição de alimentos à população por considerarem uma investida dos países do ocidente no país. A falta de segurança é um fator que dificulta a ajuda humanitária enviada pela ONU e por países como a China, que doou este ano 16 milhões de dólares para combater a fome na Somália. Muitos somalis estão imigrando do país rumo aos vizinhos Quênia e Etiópia fugindo da fome e da guerra, muitos dos quais são considerados traidores por parte das milícias somalis devido ao histórico de conflitos militares entre a Etiópia e a Somália.
A Somália é um dos países mais pobres do mundo, falido do ponto de vista político e econômico, com um governo fraco e corrupto apoiado pelos EUA e seus aliados, sem um exército capacitado e treinado para combater os grupos armados extremistas que tentam tomar ou desestabilizar o poder. Desde a queda do governo de cunho marxista de Siad Barre, em 1991, o país enfrenta dificuldades para manter a estabilidade e unidade política. Todos os presidentes que o sucederam falharam na missão de fazer da Somália um país forte e próspero.
Desde que se tornou independente, em 1960, a Somália sofre com grupos radicais, como o Movimento Nacional Somali (SNM), o Movimento Patriótico Somali (SPM) e o Congresso Somali Unido (USC) e o mais conhecido deles o Al Shabaab, grupo radical islâmico criado em 2004 que domina algumas áreas ao sul do país e que tem como objetivo principal derrubar o governo de transição da Somália e instalar um governo teocrático baseado na Sharia (lei islâmica). O Al Shabaab é financiado pela Al Qaeda.
Ore pela sobrevivência dos cristãos somalis e para que possam testemunhar do amor e do compartilhar ensinado por Jesus, mesmo em meio à esta situação limítrofe. Ore para que os países se mobilizem para enviar alimentos e para que toda a corrupção envolvendo trabalhos humanitários seja exposta e a ajuda chegue de fato a quem precisa.

Ore pelo Comores

Ore pelo 24º país da Classificação de países por perseguição, o Comores. Lembre-se dos cristãos que ali vivem e dos pedidos eles fazem para que possam ser cobertos em oração.

Líder: Presidente Ikililou Dhoinine
População: 754 mil habitantes, sendo 6,4 mil cristãos.
Principal Religião: Islamismo
Governo: República

A perseguição que acontece nesse conjunto ilhas africanas vem principalmente de nativos do país que pertencem a comunidades muçulmanas nativas do país, embora o governo também continue apertando os cristãos.
Um referendo aprovado em 2009 considerava o Islamismo como a religião oficial do Estado e, assim, a liberdade religiosa seria restringida. Somente expatriados tem autorização para organizarem reuniões e cultos cristãos.
Cristãos que são ex-muçulmanos podem ser processados, sendo assim, muitos cristãos precisam se reunir em locais subterrâneos. No entanto, a igreja tem relatado grandes crescimentos em tamanho e em força.

Ore:
• A influência de muçulmanos radicais do Irão, que tem relações estreitas com o Comores, faz com que os muçulmanos do país sejam mais vigilantes quanto às atividades cristãs. Ore para que essa influência enfraqueça com o passar do tempo.

• Para que os poucos cristãos que vivem no país possam ter força e coragem para continuar se reunindo em segredo.

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

olá pessoal!

Passei um tempinho afastada do blog, mas agora voltei gente e quero compartilhar com vocês noticias de missões! logo colocarei mais postagens!!